Publicado por: jabuticaqui | 18/06/2015

Encontro de Domingo 28 de Junho de 2015

O que? Festa Popular

Quando? 28 de Junho de 2015

Onde? Galpão Arthur Netto, Rua Fausta Duarte de Araújo, 23 – Mogi das Cruzes

Gratuito

Mais uma vez vamos reunir pra batizar nosso boizinho querido. “O Bumba Meu Boi só sai às ruas após o batizado, pois é quando ele ganha a proteção de São João, recebendo autorização para a brincadeira sair às ruas”

E pra comemorar esse encontro de pandeirões, matracas, toadas, fé, amor e muita alegria, receberemos a Cia da Rosa com Pamella Carmo e Patty Nascimento que traz o espetáculo, “As lavadeiras Seus Cantos e Encantos” e a Banda Super Nova, com Fernando Novais, Bia Mello, Pedro Henrique, Cirilo e Priscila Novais que vai fazer o Show “Xote e Baião no Salão”.

Sobre os convidados:

A Cia. da Rosa nasceu entre vontades e sonhos, incômodos e realizações. Grupo que acredita que todos têm direito a voz e vez de expressar. A Cia. da Rosa nasceu na vontade de manter viva essa flor-criança tão espontânea e esperta, tanto dentro quanto fora de cada um de nós. Gente que não só é diferente, mas que quer também tentar ao menos fazer diferente. A Cia. da Rosa nasceu de um carinho especial. Pessoas que amam certa Morena… Rosa… Morena… Rosa flor presente em nossos ensaios, flor Morena parte desse espetáculo.

“As lavadeiras, seus contos e encantos”, o espetáculo se baseia na vida das atrizes integrantes nas histórias de suas famílias, em poemas da poetiza goiana Cora Coralina, nas cantigas e no trabalho da mulher lavadeira e em manifestações populares brasileiras. Tudo é trazido para a cena de maneira muito intimista, dotada de poesia e sentimento, ora de amor ora de ódio, ora de tranquilidade, ora de revolta, ora de alegria, ora de tristeza. Assim se permeia o espetáculo, que propõe um espetáculo, que propõe uma reflexão sobre o canto de trabalhos, manifestações populares e a mulher, muitas vezes não valorizada pelo que fala e faz, e que suporta dores… Por amor.

A Banda Super Nova, que é formada por Bia Mello – violão, sanfona e vocal, Pedro Henrique – bateria e percussão, Fernando Novais – violão e bandolim. O trio começou há sete anos, no espaço Síntese – Psicologia, Arte e Cultura, em Mogi das Cruzes, onde os integrantes se reuniam para ensaiar e tocar nos saraus, tornando-se grandes amigos e parceiros na música. Desde o seu início, a banda esteve voltada para um repertório variado de música brasileira, também explorando a música dos compositores mogianos, e cada vez mais trabalhando em composições próprias.

No show “Xote e Baião no Salão”, a banda apresenta um repertório variado de músicas nordestinas incluindo clássicos do Luiz Gonzaga, músicas autorais e de outros compositores mogianos. Para essa apresentação conta com a formação: Bia Mello violão, sanfona e vocal, Fernando Novais ukele, Pedro Cirilo zabumba e Priscila Novais triângulo.

Haverá feira de artesanato e comidas típicas. Venham todos brincar, é só chegar!!

Publicado por: jabuticaqui | 23/11/2014

Encontro de Domingo 30/11

Domingo, 30 de Novembro de 2014 – 17:00 às 20:00

Local: Galpão Arthur Netto. Av. Fausta Duarte de Araújo, 23 – Jardim Santista. Mogi das Cruzes

“Tudo que tem começo tem fim”- a festa de morte do bumba-meu-boi
“Te despede Estrela Miúda da Fé
Cumpre tua sina
Esse é o teu dever
O povo vai ficar triste
Pois chegou o dia
Em que tu vai morrer…”

O fim para um novo começo
A festa de morte do boi tem por finalidade encerrar o ciclo de vida da brincadeira, dar fim ao grupo até o próximo ano, quando o boi renasce no sábado de aleluia, depois é batizado no dia de São João (24 de junho) e mais no final do ano ele morre.
O clima é de festa, mas o sentimento é de alegria e tristeza. Esse sentimento ambíguo permeia todo o desenrolar da morte do boi.
O sangue do boi significa vida e bons fluídos para quem dele tomar.
E assim terminamos mais um ano de alegria ao lado do nosso boizinho.

No próximo domingo, 30 de novembro, o Jabuticaqui, grupo de vivência e estudo da cultura popular brasileira, encerra o ano com o 22º. Encontro de domingo, festa aberta ao público para celebrar a cultura popular, no Galpão Arthur Netto. As atrações serão variadas: na Parede Vermelha teremos obras da arte naif brasileira do nosso talentoso Nerival Rodrigues, autodidata, reconhecido internacionalmente por sua arte que revela o amor pela natureza e por suas raízes populares. No no palco teremos Giovani Di Ganzá e Cá Raiza que traz o Duo Raiza e Ganzá com um belíssimo trabalho de pesquisa de compositores do modernismo e músicas extraídas das manifestações populares brasileira das diversas matrizes. Ainda no palco teremos o Coral CECIM, que tem como regente o músico e compositor Dani Dias. O Coral traz para nossa tarde o cancioneiro popular nas vozes das senhoras e senhores que freqüentam o Centro de convivência do Conjunto São Sebastião em Mogi das Cruzes.
O Jabuticaqui grupo anfitrião dará as boas vindas às 17h com o Lelê conhecido também como Péla, uma dança que está presente em algumas regiões do Maranhão, acompanhada por cavaco, viola e pandeiro. A origem do nome está relacionada ao hábito de se matar porco para servir nas festas onde a dança é realizada. Tradicionalmente a dança era realizada por pessoas mais velhas , mas hoje em dia muitos jovens também dançam.
O Encerramento será por volta das 20h com o ritual da morte do Boi Estrela Miúda da Fé. E para quem quiser acompanhar a “fuga do boi” é só chegar às 16h.
Teremos também vendas de comidinhas e artesanato.

Publicado por: jabuticaqui | 26/05/2014

Encontro de Domingo 01/06 – Batizado do Boi

10257155_693281187402843_1994192355135284797_o

 

O Jabuticaqui, grupo de vivência e pesquisa da cultura popular brasileira, realizará mais uma vez o Encontro de domingo, uma celebração daquilo que nós somos. Será a 21ª edição da festa que em parceria com o Galpão Arthur Netto contará com a presença do Grupo de Jongo Mistura da Raça de São José dos Campos, que lançará o seu primeiro cd. Teremos também a presença do cearence José Edilson do Acordeon que vai trazer diversas músicas do cancioneiro popular, como Luiz Gonzaga, Dominguinhos e tantos outros. E para finalizar, a tradicional quadrilha animada por Tobias Siqueira.
O Jabuticaqui vai dar as boas vindas com apresentação do Caroço, dança de uma região indígena do Maranhão, que é dançada ao som da caixa (tambor usado na festa do Divino). Depois acontecerá o ritual de batismo, quando o boi receberá as bênçãos de São João para sair pra brincadeira durante o período junino.

Publicado por: jabuticaqui | 09/04/2014

Encontro de Domingo – Nascimento do Boi

Encontro de Domingo - Nascimento do Boi

Cultura popular é na Rua!

Dia 27 de abril acontecerá a 20ª. Edição do Encontro de domingo, festa de celebração da cultura popular realizada pelo Jabuticaqui em parceria com o Galpão Arthur Netto. As atrações correrão por conta do baque do Maracatu Boigi, o canto poético de Rui Ponciano, a prosa “Quilombolas Mogianos” de Luiz Miguel Baida e a mostra fotográfica “Coisas de Mogi” de Jorge Beraldo. Além dessas atrações teremos o Nascimento do boi, Cacuriá e a Sambada.
Haverá vendas de roupas, artesanato e comidinhas pra lá de saborosas. Não percam!

É gratuito!

Publicado por: jabuticaqui | 25/11/2013

Encontro de Domingo – Dezembro de 2013

Encontro de Domingo - Dezembro de 2013

ENCONTRO DE DOMINGO
Festa de Morte do Boi

O grupo Jabuticaqui pesquisa o boi maranhense desde o início de sua fundação em 2006 e celebra na 19ª edição do Encontro de Domingo, a Morte do Boi.
Esta festa encerra o ciclo de vida da brincadeira do boi e se despede do grupo até o próximo ano, quando o boi renasce no sábado de aleluia, é batizado no dia de São João (24 de junho) e morre no final do ano.

Como propõe o Encontro que será realizado no dia 1 de dezembro à partir das 17h, quando o Jabuticaqui, além da Morte do Boi, festeja a cultura popular também com a apresentação de ilustres convidados. São eles:

Amoràterra, coletivo-mosaico de São Paulo que busca a criação lúdica e coletiva e a transformação pessoal e universal por meio do diálogo entre diferentes culturas tradicionais brasileiras, indígenas, afro-brasileiras, orientais e urbanas com interação da música, dança, artes visuais, poesia, audiovisual e ecologia.

Déo Miranda, cantador, compositor e pesquisador dos ritmos populares, estes que são matéria prima para as suas composições. É o autor das músicas do repertório do show Negro que será apresentado no Encontro de Domingo, algumas em parceria. Seus instrumentos: a voz, o violão, a viola caipira e a gaita.

Horus Trio, grupo musical que levará o show Móbile, com cantora Amanda e os músicos Dani Dias, Higor Augusto, David Viana e Juka Carvalho, com músicas autorais e boas parcerias.

César Azevedo, músico, percussionista, cantor, compositor e pesquisador da cultura popular tradicional brasileira, dentre elas um grande conhecedor da brincadeira do boi. Faz parte da Associação Cultural Cachuera e do Grupo Cupuaçu de Danças Brasileiras, ambos de São Paulo. César participará com o Jabuticaqui na celebração da Morte do Boi.

Dia 1 de dezembro a partir das no Galpão Arthur Netto de Cultura e Cidadania

Publicado por: jabuticaqui | 21/03/2013

Primeiro Encontro de Domingo 2013

Primeiro Encontro de Domingo 2013

16º. ENCONTRO DE DOMINGO

Festa de celebração da cultura popular com a presença de convidados muito especiais, que representam, incentivam e cultivam nossas tradições.
É uma realização do grupo Jabuticaqui que conta com o apoio do Galpão Arthur Netto que cede o espaço e equipamentos para a festa e também para os encontros semanais de vivência e estudo do grupo. O grupo conta também com o apoio dos amigos artistas que vem gentilmente celebrar conosco.
O encontro é realizado a cada dois meses e a entrada é gratuita e aberta para toda a comunidade.

Domingo, dia 24 de março, termos como convidados:
“Clarianas”, grupo musical formado por três cantoras/atrizes, um rabequeiro e uma percussionista, que tem como mote principal a investigação da voz da mulher “ancestral” na música popular do Brasil, a partir do contexto da música “natural”, espontânea, de tradição popular, dos cantos caboclos de matriz africanordestina-indígena-periférica, das comunidades brasileiras.
Seu primeiro disco Girandêra” tem um repertório de 15 canções autorais e 01 do cantor/compositor Chico César, e é um apanhado sonoro, que vai desde o aboio até o samba-de-roda, passando côco, rezas, tambores e maracatu.

Mirian Ramos, cantora e pesquisadora, integrante do grupo Jabuticaqui, que traz o show Colares de Arvore, no qual a mesma virá acompanhada de Aline Aurora e Dani Alberty, Leandro Pellagio(piano), Dani Dias (viola e violão), João Yrapoan (pandeiro atabaque) e Agildo Lima no ganzá e pandeiros. O show traz algumas músicas de domínio público. São ritmos como o Bumba-Meu-Boi, Coco e Maracatus que nos reportam ao cancioneiro da música popular brasileira. As músicas de domínio público foram resgatadas por nomes renomados de nosso cancioneiro popular. São heranças! São cantos do povo! É Cultura Popular!

Nilceu dos Santos, ator da Cia. Do Escândalo apresentará um recital com poemas de mulheres escritoras, dentre elas Eva Rocha e Geni Guimarães.

SERVIÇO
O que? JABUTICAQUI – ENCONTRO DE DOMINGO
Onde? GALPÃO ARTHUR NETTO
Quando? DIA 24 DE MARÇO ÀS 17h.
GAPÃO ARTHUR NETTO – Rua Fausta Duarte de Araújo, 23 – Jardim Santista – Mogi das Cruzes/SP.
Tel.: (11) 34339841/ 973744453/ 983344070

Publicado por: jabuticaqui | 18/09/2012

Encontro de Domingo

Imagem

O Encontro de Domingo, festa realizada no Galpão Arthur Netto pelo Grupo Jabuticaqui em que tem como proposta celebrar e valorizar a cultura popular faz na sua décima quarta edição, uma homenagem as Caixeiras do Divino do Maranhão percorrendo a trajetória desde a festa do Divino até o Bambaê de Caixas mais conhecido como Cacuriá.

 

Antes, às 14h teremos a presença ilustre das mestras Sidinéia dos Santos e Gislaine Donizete Afonso das Congadas de Mogi das Cruzes que farão uma oficina aberta ao público, basta fazer a inscrição pelo e-mail jabuticaqui@gmail.com. Teremos ainda a Exposição Congada Popular Brasileira.

 

A partir das 17h teremos o Jabuticaqui com suas caixeiras, em seguida, para abrilhantar a nossa homenagem, a Congada do Divino Espírito Santo. Logo após as crianças da Escola Municipal Isidoro Boucault que mostrarão o trabalho realizado pelo Ponto de Cultura Danças Brasileiras/Jabuticaqui. Finalizando teremos a presença do grande compositor mogiano Rabicho que mostrará um novo repertório dedicado à cultura popular e a sambada com o cacuriá.

 

Será sem dúvida uma grande festa.

ROTEIRO

 

14h – Oficina CONGADAS com Mestra Sidinéia da Congada Divino Espírito Santo e Mestra Gislaine da Congada Santa Ifigênia. Inscrições através do jabuticaqui@gmail.com

Vagas limitadas.

 

17h –Jabuticaqui dá boas vindas com o Canto do Divino

 

17:30h – Congada Divino Espírito Santo

 

18h– Ponto de Cultura Danças Brasileiras – Apresentação das crianças da Escola Municipal Isidoro Boucault

 

18:30h – Rabicho

 

19:00 – Derrubamento do mastro

 

19:30 – Sambada com o CACURIÁ!

SERVIÇO

O que? JABUTICAQUI – ENCONTRO DE DOMINGO

Onde? GALPÃO ARTHUR NETTO

Quando? DIA 30 DE SETEMBRO A PARTIR DAS 14h.

 

GAPÃO ARTHUR NETTO – RAUA Fausta Duarte de Araújo, 23 – Jardim Santista – Mogi das Cruzes/SP.

Tel.: (11) 34339841/ 973744453

Publicado por: jabuticaqui | 21/06/2012

Encontro de Domingo

Imagem

As influências da África, dos povos indígenas e dos imigrantes europeus fizeram do Brasil o país mais diversificado do mundo.
E é justamente por acreditar nisso que o grupo de pesquisa da cultura popular brasileira – Jabuticaqui promove, a cada dois meses, o Encontro de Domingo.
A idéia do encontro de domingo surgiu em 2008 com a necessidade do grupo Jabuticaqui mostrar o seu trabalho para os amigos e simpatizantes da cultura popular. O encontro acontecia todos os meses num formato bem menor, apenas o Jabuticaqui fazia apresentações.
Em 2009 já residente no Galpão Arthur Netto o grupo resolveu fazer desse encontro uma festa de celebração da cultura popular com a presença de convidados muito especiais, que representam, incentivam e cultivam nossas tradições. Passou a ser a cada dois meses, sempre no último domingo do mês.
A festa que é realizada com recursos próprios conta com o apoio do Galpão Arthur Netto que cede o espaço e equipamentos para a festa e também para os encontros semanais para a vivência e estudo do grupo.
Dia 24 de junho realizaremos a décima terceira edição que começará às 15 horas com a presença ilustre de Raquel Trindade que vem pelo Ponto de Cultura Danças Brasileiras/Jabuticaqui em parceria com o Galpão Arthur Netto e fará a palestra Danças de origem africana. Pintora, dançarina, coreógrafa, grande conhecedora da história e cultura afro-brasileira, Raquel Trindade é considerada uma das maiores memórias vivas no Brasil. Fundadora do Teatro Popular Solano Trindade e da Nação Kambinda de Maracatu.
Em seguida, às 17:30h o Jabuticaqui apresentará o Boi Estrela Miúda, trazendo toda a beleza e magia do boi de matraca da tradição maranhense. Logo após teremos as presenças do Grupo de Pós Afro da Unicastelo em “A soma de todas as cores – Preto” – poesia e dança. Na seqüência o grupo Toadas à trovadas (ARCA) com O Brasil é meu. Depois os amigos do Coletivo Carta na Manga com Cenisses Literárias e para finalizar outra presença ilustre, a queridíssima Inalda do Acordeom e seu forró arretado.”

PROGRAMAÇÃO

15h – O Ponto de Cultura “Danças Brasileiras”/Jabuticaqui em parceria com o Galpão Arthur Netto, traz:“DANÇAS DE ORIGEM AFRICANA”
RAQUEL TRINDADE – A KAMBINDA
17:00h – BOI ESTRELA MIÚDA – PARTE 1 “Boi Estrela Miúda chegou, pra bumba de matraca.. “JABUTICAQUI
17:30h – “A SOMA DE TODAS AS CORES – PRETO “- POESIA E DANÇA AFRO BRASILEIRA PÓS AFRO UNICASTELO:
1) Bas’Ilele: Poesia africana;
2) Enilda: Poesia afro-brasileira;
3) Cibelle: Poesia afro e dança dos orixás;
4) Evaristo: Poesia afro-brasileira;
5) Maristela: Poesia afro-brasileira

18h – O BRASIL É MEU! – “TOADAS À TROVADAS” (ARCA) Roda de brincadeiras populares, oriundas dos ritmos coco, jongo e cacuriá.
18:30h- BOI ESTRELA MIÚDA – PARTE 2 – JABUTICAQUI
19h – CENISSES LITERÁRIAS – COLETIVO CARTA NA MANGA
19h30h – BOI ESTRELA MIÚDA – PARTE 3 – JABUTICAQUI
20:30h – SALVE SÃO JOÃO (sambada) INALDA DO ACORDEON

Galpão Arthur Netto de Cultura e Cidadania, Av. Fausta Duarte de Araújo, nº. 23, no Jd. Santista, Mogi das Cruzes/SP.
A entrada é gratuita e aberta a toda a comunidade.
Haverá venda de bebidas e comidinhas típicas.
Informações: (11) 73744453 / (11) 3433-9841

Publicado por: jabuticaqui | 25/04/2012

Lançamento cd Agô, no Teatro Armando de Ré, em Suzano.

O CD Agô do grupo Jabuticaqui busca uma relação próxima com a vivência da cultura popular. O grupo formado por artistas, educadores e, sobretudo amantes das culturas tradicionais, relaciona o exercício da pesquisa com a prática viva dessas culturas, assim nasce o CD Agô,fruto de vivência e paixão. As músicas em sua maioria foram compostas pelos integrantes do grupo dando uma personalidade ou um sotaque muito particular. Entre ijexás, cirandas e cacuriás, Agô, traz consigo um mergulho na memória desses ritmos, sob a ótica de compositores como Juá de Casa Forte, Gui Cardoso, Aline Chiaradia e Meyson. Não por acaso o CD se chama Agô que significa um pedido de permissão e licença bem como perdão, pois é dedicado a todos os mestres de cultura popular. É um CD para se ouvir e dançar, uma homenagem à alegria do povo e sua fé, ou como diz Meyson: “para que os corações se pacifiquem”.ENTRADA GRATUITA
Quando
Dia 27 de Abril de 2012, sexta-feira, às 20h
Local
Teatro Municipal Dr. Armando de Ré- Rua General Francisco Glicério, 1334- Centro- Suzano- SP
Informações
4743-1790
Publicado por: jabuticaqui | 20/04/2012

Lançamento cd Agô, no Morro do Querosene

Imagem

JABUTICAQUI NO MORRO DO QUEROSENE

Estamos muito felizes por mais uma apresentação do Jabuticaqui com as músicas do Cd Agô.
Dessa vez a convite do nosso querido amigo e mestre Tião Carvalho estaremos na tradicional “Festa do Nascimento do Boi” realizada no Morro do Querosene pelo Grupo Cupuaçu.

Viva!!
Segue a baixo, as atrações da “Festa do Nascimento do Boi”

21 de Abril de 2012

16 horas – Boi Mirim ( tragam a criançada ! )
17 horas – Jabuticaqui – Grupo de Mogi das Cruzes
18 horas – Bloco do Baralho
19 horas – Orquestra de Berimbaus do Morro do Querosene
20 horas – Baque Bolado
21 horas – Início do Guarnicê do Boi

Local:  Morro do Querosene no entroncamento das ruas Dr. Cícero de Alencar, Cap. Paulo Carrilho, Cap. Frederico Pradel e Padre Camilo – Vila Pirajussara/Butantã.

Older Posts »

Categorias

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.